Humor negro de Dran. Uma crítica a cultura moderna.

A street art é cheia de artistas bem peculiares. Uma das mais interessantes similaridades entre estes artistas é a mistura da arte com a crítica. Apesar das diferenças artísticas e ideológicas, Dran segue, de certa forma, a mesma filosofia. Em sites especializados em ilustrações e artes de rua, Dran, da bonita Toulouse, é chamado de “Banksy Francês”.

Dran usa da arte para mostrar seu particular ponto de vista sobre a sociedade contemporânea. Arte: Manifestação criativa fascinante pelo seu poder de contemplação e por possuir mil significados, do mais rebuscado ao mais idiota. E contemplando a arte de Dran podemos ver cenas que foram cozinhadas em sua mente e que faz tanto sentido que podemos até ensaiar uma sensação de “como não pensei nisso antes?”.

É o caso do Pinóquio pisando no Grilo Falante – sua consciência – com uma garrafa na mão, ficando livre para chutar o balde. Também tem a criança que, brincando de guerra com seu exército em miniatura teve o braço arrancado ao levar um tiro de um tanque. A inversão de valores, mostrando um macaco desenhando uma criança comendo uma banana. Um artista apanhando de um policial por ter desenhando uma mulher apanhando de um policial.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s