Arquivo da categoria: CREATIVITY

Como acontecem as mais inovadoras ideias.

Um pequeno guia sobre: Lima (Peru)

O Brasileiro esta no topo da lista entre os turistas que mais visitam o Peru, com um número crescendo de vôos e visitantes ao longo dos últimos anos! Além de conhecer as maravilhas históricas do país, muito aproveitam para conhecer Lima, aproveitar um pouco da sua famosa da gastronomia e fazer algumas na compras na capital.

COMO SE LOCOMOVER POR LÁ

AEROPORTO. Chegando na cidade pelo aeroporto Jorge Chávez, provavelmente você estará um pouco afastado de seu local de destino (19km – Miraflores). Enquanto o sistema de trens da cidade não está pronto, a melhor opção mesmo é pegar um taxi. Não há taxímetro nos carros, por isso negocie bem, conseguimos ir até o nosso hostel por 40 soles.

DICA. Ao chegar no país, você receberá um cartão da imigração que se chama TARJETA ANDINA DE MIGRACIÓN (TAM), com este cartão em mãos você receberá isenção de impostos em diversos locais como hostels e hotéis. Ele deverá ser guardado até a sua saída, por isso é muito importante estar sempre junto ao passaporte. Eu obviamente perdi o meu, tive que pagar uma pequena multa no valor de US$ 7 para emitir uma segunda via.

capa do passaporte brasileiro Aeroporto Internacional de Lima

TAXI. Sem taxímetros, sua viagem pode ir do céu ao inferno. Os carros são velhos e as opções muitas, por isso negocie bastante. Se ele não aceitar o valor proposto? 5 segundos virá outro carro e você pode tentar de novo.

ONIBUS. Se estiver em miraflores, muito poderá ser feito a pé. Mas para as distâncias maiores, como ir até o centro ou o bairro de barranco, use o transporte coletivo. Custa 1,20 soles e o serviço é bom, não tem cobrador, você paga direto ao motorista na hora do embarque. http://www.metropolitano.com.pe/

NÃO PODE FALTAR NO SEU ROTEIRO

CENTRO HISTÓRICO. Tire manhã e tarde para conhecer o centro da cidade, foque no principal como Igreja e Convento de São Francisco, Catedral de Lima, Praça das Armas, Palácio do Governos e a Praça San Martin. Aproveite para fazer o almoço mais barato da sua vida por lá com menos de 10 soles. Ao final de tarde, relaxe com um delicioso drink na Catedral do Pisco. Alguns destes passeios você paga para entrar, mas valem a pena e não costumam ser caros.

BARRANCO. Romântico e boêmio, o bairro de Barranco é uma parte especial de Lima. Uma caminhada até a ponte dos suspiros pode demorar até uns 45 minutos, mas você não tiver pressa, faça a pé mesmo o trajeto. No caminha há o museu de arte moderna, consulte as exposições antes de ir! Tira muitas fotos,

cultura tradiciona y turismo  MAC lima peru

COSTA VERDE. Lima conta com um circuito de praias denominado Costa Verde, e todas as praias são de acesso fácil e rápido. O circuito integra praias de diversas característas: com margens de pedras ou areia, também de águas tranquilas calmo ou para surfistas, enfim não faltam opções.

MIRAFLORES. Impossível pensar em ir a Lima e não visitar o distrito de Miraflores, moderno e badalado o bairro é conhecido por seus shoppings, lojas, ótimos restaurantes, cassinos, jardins, parques, praias e até mesmo sítios arqueológicos. Aproveite para caminhar bastante, as ruas são seguras (diferente do resto da cidade), você pode ficar até altas horas sem se preocupa e contam com um policiamento próprio da região.

LARCOMAR. Uma das grandes atrações de Lima é o Larcomar, um shopping “pendurado” sobre o Oceano Pacífico. Situado no badalado bairro de Miraflores (saiba tudo sobre Miraflores), o lugar é um centro de compras e entretenimento que oferece uma das vistas panorâmicas mais bonitas da cidade. Este shopping a céu aberto conta com 12 salas de cinema, um teatro, restaurantes, cafés, bares, balada, boliche, jogos eletrônicos e mais de 80 lojas.

PARQUE DE LA RESERVA. Lima é uma cidade é cheia de surpresas e encantos, um destes é o Circuito Mágico del Agua, maior complexo de fontes de água do mundo. O parque possui 13 fontes e cada uma delas traz uma surpresa. São efeitos com luzes, formatos especiais e até um túnel de água que você consegue passar sem se molhar. Por isso, vale a pena chegar ao local quando o sol já se pôs, pois as luzes deixam as fontes ainda mais bonitas. O preço para entrar no parque é de 5 soles.

CLIMA

O tempo em Lima é único, apesar de não chover quase nunca (estamos em pleno deserto) é muito comum uma forte neblina aparecer de uma hora para outra em pleno dia. Ao mesmo tempo em que faz um calorão, você pode ser surpreendido por uma onda de frio. Saia sempre com um agasalho e torça para que as nuvens não atrapalhem suas fotos. 

ONDE SE HOSPEDAR

Não pense em outro bairro, ao menos que você já conheça a cidade, é lá que tudo acontece e onde você vai querer passar a maior parte do seu tempo, os melhores restaurantes, cassinos, shoppings e parques. Evite furadas, procure se informar bem sobre o hotel/hostel que você escolher. Nem sempre o melhor preço é a melhor opção, as notas e fotos dos usuários são a melhor referência. No bairro você encontrará opções para todos os bolsos, então pesquise bem.

RESTAURANTES IMPERDÍVEIS

Os sabores do Lima são únicos, por isso trate de economizar em outras coisas ao longo da viagem mas se dê ao luxo de conhecer alguns dos melhores restaurantes do mundo! E olha, você nem vai precisar gastar tanto assim, se comparados aos restaurantes mais badalados do Brasil, estes dão de 10 na relação custo/benefício. http://www.theworlds50best.com/list/1-50-winners

MAIDO

Se você já assistiu alguns episódios de Chefs Table no Netflix, deve lembrar da Niki Nakayma e seu restaurante N/NAKA em Los Angeles (USA). http://www.edition.cnn.com/2016/09/12/foodanddrink/la-chefs-tables/index.html Bem, o Maido é tudo isso e mais um pouco! Combinando culinária peruana e japonesa, oferece a legítima experiência nikkei, envolvendo sabores e técnicas distintas em pratos únicos e muito saborosos.

Optamos pelo menu a la carte, onde você pode pedir qualquer um dos pratos do cardápio e custam em média 50-60 Soles. Achei que pagaria um grande mico se pedíssemos dois pratos para dividir e experimentar um pouco de cada, mas fomos instruídos pelo próprio garçom a fazer isto (o que já ganhou pontos extras comigo). Depois de fazer o pedido, foram servidas pequenas entradas e toalhas úmidas para lavar as mãos. As porções são bem servidas, mas finalize o pedido com uma sobremesa para sair totalmente satisfeito! ;)

Mas a grande atração mesmo fica por conta do 15-course Nikkei Experience, combina 15 pratos de degustação e explora biodiversidade única do Peru, incorporando tanto Nikkei e culinária japonesa. O investimento fica entre 250-350 soles (degustação de vinhos opcional).

O ambiente também é muito agradável, uma instalação de corda impressionante cobre toda a sala de jantar do restaurante em Miraflores, dependendo da posição que você estiver sentado aparecem as bandeiras do Peru e Japão.

Necessita de reservas http://www.maido.pe/

WALLQA (Le Cordon Bleu)

Se o negócio é não gastar muito, deixe se levar pela criatividade dos  estudantes da Le Cordon Bleu. O restaurante escola, localizado no coração do bairro mais top da cidade, oferece um ótimo custo benefício, os pratos custam em média 30 soles (metade do que você pagaria em qualquer restaurante mais top da cidade). Além disso, é a oportunidade de conhecer futuros chefs, quem sabe você não cruzo pelo próximo Gastón Acurio.

Necessita de reservas http://wallqa.com.pe/

CENTRAL

Provavelmente o melhor restaurante que você irá conhecer na cidade, o Central dos chefs Virgílio Martinez e Pia Leon foi eleito o 4° melhor restaurante do mundo pela revista San Pellegrino! Promete encantar seus clientes em uma expedição culinária através ecossistema Peruano, passando pela selva amazônica até a costa do Pacífico, desertos, montanhas e mar para descobrir os mais diversos ingredientes locais encontrados em diferentes altitudes. As reservas precisam ser feitas com muita antecedência e não conseguimos jantar por lá, então vou ficar devendo fotos de lá. Mas vale a dica! ;)

Necessita de reservas http://centralrestaurante.com.pe/

 

Anúncios

Se a vida é faísca, que brilhe devagar

#INDIETRACKER24 Um projeto super autêntico, Na Sala de Estar é um apanhado de shows pockets espalhados pelas mais diversas residências em uma turnê que começou no sul e vai até o norte do Brasil. Apanhador Só já apareceu aqui uma, duas, três vezes... Mas nesta vez é diferente, sem edição ou cortes, em Curitiba eles tocam Vitta, Ian, Cassales.

 

 

Mighty Oaks: Brother

#INDIETRACKER23 WOW, Mighty Oaks é a legítima banda de indie rock que eu adoraria encontrar toda a semana para escrever e ficar horas ouvindo. Formado em Berlim, o trio é composto por Ian Hooper (US), Claudio Donzelli (Itália) e Craig Saunders (UK). Eles ainda não vieram ao Brasil, mas quem sabe não dão as caras aqui ainda este ano, com o clipe Brother encabeçando algumas listas da MTV Brasil, a banda já faz sucesso com alguns fãs. Uma pena que não estejam no lineup 2016 do Lollapalooza BR, afinal em 2015 fizeram sua estréia na versão americana do festival. Quem me indicou esta banda foi a Caroline Schonarth! Tks! Quem tiver outras bandas para indicar, posta aqui nos comentários!!

Brother

We had run around, In the summer in the nighttime, We made no sound, And deep in the forest we get lost, Whistle to the Birds as they call, Go on Trips, Moving with weather as it shifts, We took to the seas and let it drift, How many islands could we hear?  

I’d follow you, To the end of the world if only you would ask me to, On and on we go, my brother, I’ve got you, Nothing to stop us now, Because we found in life what’s true, Oh my brother I’d follow you.

In my faded truck, We shot across the country to find our luck, And the youth inside would scream and shout, Like a dagger in the heart we ripped it out, And we had laugh through the night, Call the star’s, By the fire shining on, Through the night, We will run, To the rising life and on, Through the night, Burn the flames, The world will know our Names

And I’d follow you, To the end of the world if only you would ask me to, On and on we go, my brother, I’ve got you, Nothing to stop us now, Because we found in life what’s true, Oh my brother I’d follow you, I’d follow you, To the end of the world if only you would ask me to, On and on we go, my brother, I’ve got you, Nothing to stop us now, Because we found in life what’s true, And I will follow you!

 

A edição número 1178 do Charlie Hebdo, esgotada em minutos

Até que tentei, mas a edição 1178 do jornal satírico Charlie Hebdo, a primeira após os ataques do dia 07, aparentemente não será vendida no Brasil. Nem na frança está tão fácil assim de conseguir um exemplar. A tiragem padrão que é de 60 mil jornais, inicialmente já havia sido estimado para 3 milhões e agora os editores já prometem mais de 5 milhões de exemplares nas ruas. Fora da França, 300 mil unidades estão sendo destinadas. Mas vai ser difícil chegar até nós, em entrevista ao portal Terra um representante da livraria Saraiva disse: “Não vamos vender porque não conseguimos. Não há quem traga revistas especificas da França ao Brasil”. Continuar lendo A edição número 1178 do Charlie Hebdo, esgotada em minutos

Filtro Dub “Nova Ordem” (EP Completo 2015)

#INDIETRACKER 18 Voltando da praia depois de um ano novo bem debreado, ouvindo um velho som do Marcelo nos tempos de Planet alguém dispara: “Porra, faz tempo que ninguém faz um som um pouco mais pegado por aqui”… Coincidência ou não, na última segunda ouvi o novo EP da Filtro Dub o “Nova Ordem”. A banda é de Porto Alegre e se caracteriza como eles mesmo dizem por uma mistura de Funk, Rock, Reggae, Rap e de otras cositas más. Bandas como Rage Against the MachineGorillaz, Red Hot Chili Peppers ao Rap Nacional como Criolo são inspiração. O quarteto é composto por Lucas Barbosa, Rafael Medeiros, Rodrigo Jacques e Leonardo Storniolo. São três pedradas (mas a verdade é que podiam ser bem mais pq a sonzeira tá demais), confere aí:

http://www.youtube.com/watch?v=ljwhwlnoa5s Continuar lendo Filtro Dub “Nova Ordem” (EP Completo 2015)

Os números de 2014

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog.

Aqui está um resumo:

O Museu do Louvre, em Paris, é visitado todos os anos por 8.5 milhões de pessoas. Este blog foi visitado cerca de 240.000 vezes em 2014. Se fosse o Louvre, eram precisos 10 dias para todas essas pessoas o visitarem.

Clique aqui para ver o relatório completo