Arquivo da categoria: INDIE TRACKER

Se a vida é faísca, que brilhe devagar

#INDIETRACKER24 Um projeto super autêntico, Na Sala de Estar é um apanhado de shows pockets espalhados pelas mais diversas residências em uma turnê que começou no sul e vai até o norte do Brasil. Apanhador Só já apareceu aqui uma, duas, três vezes... Mas nesta vez é diferente, sem edição ou cortes, em Curitiba eles tocam Vitta, Ian, Cassales.

 

 

Anúncios

Foster The People – Best Friend e Pseudologia Fantastica

#INDIETRACKER22 O som de Foster The People é tão bom, que merece no mínimo duas músicas no IndieTracker desta semana. O trio californiano liderado por Mark Foster, que já fez muito sucesso por aqui nas duas edições do Lollapalooza Brasil, toca Best Friend e  Pseudologia Fantastica. As duas músicas são do segundo album da banda, Supermodel, que alcançou primeiro lugar no iTunes no dia de lançamento em vários países , inclusive, o Brasil. Baita som, confere aí:

BEST FRIEND

“When your best friend’s all strung out Quando o seu melhor amigo está viciado You do everything you can Você faz tudo o que pode ‘Cause you’re never gonna let it get ‘em down Pois nunca vai deixar que isso os derrube When you find it all around Quando você encontra drogas em todos os lugares Yeah, it comes in waves, but it’s hardest from the start É, vem aos poucos, mas é difícil desde o começo

Continuar lendo Foster The People – Best Friend e Pseudologia Fantastica

RUDIMENTAL – FEEL THE LOVE

#INDIETRACKER21 Sério, alguém aqui consegue para de cantar “You know I said it’s true, I can feel the love, Can you feel it too? I can feel it, ah ahhhh”. O caras chegaram botando a banca no Lollapalooza e agora conquistaram uma jovem legião de fãs no Brasil. Não vai demorar e o quarteto inglês, composto por Piers Agget, Amir Amor, Kesi Dryden e o DJ Locksmith, deve voltar aos palcos por aqui. Enquanto isso a gente mata a saudade com o coro afinadíssimo de Feel The Love ao vivo em Brixton.

“Nosso som é orgânico. É o resultado de anos de desvario, ouvindo rádio pirata, ouvindo dubs, fitas que irmãos mais velhos traziam para casa, e ser inspirado por tudo isso. Nós somos produtos de nossas viagens musicais individuais e de Londres” Piers Agget

Continuar lendo RUDIMENTAL – FEEL THE LOVE

MAL SECRETO – Por Luiz Melodia

#INDIETRACKER 20 O ano é 2007, Luiz Melodia atende ao pedido do amigo e compositor Waly Salomão e regrava uma das músicas mais lindas da MPB brasileira, glorificada pela voz de Gal Costa, Mal Secreto é uma música que não sai de moda.

Waly era filho de sírio com uma sertaneja, formou-se em Direito pela Federal da Bahia em 1967, mas nunca exerceu a profissão. Cursou a Escola de Teatro da mesma universidade e estudou inglês em Nova York . Na década de 1960, participou do movimento tropicalista. Foi também uma figura importante da contracultura no Brasil, nos anos 1970.3 Atuou em diversas áreas da cultura brasileira. Seu primeiro livro foi Me segura qu’eu vou dar um troço, de 1972. 997, ganhou o Prêmio Jabuti de Literatura com o livro de poesia Algaravias. Seu último livro foi Pescados Vivos, publicado em 2004, após sua morte. Waly morreu em 05 de maio 2003, vítima de um tumor no intestino.

Ana Muniz, a agradável surpresa no meu iPod

#INDIETRACKER19 Eu confesso, que gosto das moças do bairro onde eu moro, do estilo indie-hippie-retrô-brasileiro que habitam os bares e ruas daquiii.. Nada melhor que um pouco de O Terno para descrever esse som que acabaram de me mandar.. Uma mistura suave e gostosa de Apanhador Só, Clarice Falcão e Uyara Torrente (de A Banda Mais Bonita da Cidade).. Ana Muniz é a agradável surpresa da semana no playlist do meu iPod, com sua voz e presença muito expressiva, a cantora e compositora expressa notável sensibilidade musical. Suas primeiras composições vieram aos 12 anos e seu álbum de estreia, +Sol+Riso, gravado em 2012, apresentou a força da poesia de uma jovem com um talento realmente surpreendente. Confere aí:

http://www.youtube.com/watch?v=9FlKRiWg2-g Continuar lendo Ana Muniz, a agradável surpresa no meu iPod

Charlie Brown Jr

#INDIETRACKER 17

Ela passa na caranga ouvindo o som da minha banda, com olhar de veneno não é mais criança, ela é muito gostosa e usa roupa colada, completamente pronta ela é a melhor da parada. O doce dela é bala e ela vai na rafe, eu vou colar com ela, ela me deixa crazy, eu vou leva-la onde ela nunca esteve, eu vou chegar com ela na pegada. Rock Star!

alexandre_abrao

Em outubro foi lançado o clipe oficial (o que acabamos de mostrar é apenas um compilado de cenas eróticas com dançarinas em um strip club, mas que conseguiu se sair melhor do que o próprio clipe oficial) da música Rock Star e o som não para de tocar nas rádios. Da extinta banda Charlie Brown Jr, a faixa integra o disco póstumo La Família 013. Com direção de Alexandre Abrão, filho do falecido vocalista Chorão, o clipe aborda o cotidiano do filho de um rockeiro que sai em turnê com o pai. O videoclipe tem a participação dos antigos integrantes da banda, Marcão Britto, Bruno Graveto e Thiago Castanho, além de Luciano Amaral (ex-Castelo Rá-Tim-Bum e hoje apresentador), Clara Aguilar (ex-Big Brother Brasil) e a modelo e apresentadora Fiorella Mattheis.

O resultado, é uma combinação patética de boa música e cenas de malharão em um clipe infanto-juvenil de baixa qualidade.

Gosto mais dos clipes antigos da banda, bem no começo com “Hoje eu acordei feliz”, talvez tenha sido o primeiro som de bom qualidade que eu comecei a ouvir, o clipe meio trash que fazia lembrar os bons momentos de Tarantino em Reservoir Dogs e Pulp Fiction ou até mesmo Guy Ritch em Snatch/Porcos e Diamantes.

Eu confesso, gosto das moças do estilo indie-hippie-retrô-brasileiro

#INDIETRACKER16
Eu confesso, que gosto das moças do bairro onde eu moro,  do estilo indie-hippie-retrô-brasileiro que habitam os bares e ruas daqui. E eu não quero deixar ninguém ver que eu sou mesmo, o que pensam de mim quando me veem na rua, classe média enjoada com pinta de artista, será que eu sou tão previsível assim?

O Terno, um trio de origem paulistana apresenta “Eu Confesso”:

Segue uma segunda música da banda que é sem dúvida a minha favorita, Zé, um assassino compulsivo:

Para ouvir mais dicas de música é só clicar aqui.

No Diggity / I Need a Dollar (Scopel e Cassel)

Para o #INDIETRACKER 15 um som com cara gringa, mas gravado em Los Angeles por um casal daqui de Porto Alegre mesmo. Curiosamente, a música que eles escolheram me lembra a própria cidade onde a música foi gravada e um momento em particular. Nada especial, mas o suficiente para chamar a minha atenção e me fazer colocar a lente na câmera. Um morador de rua que conversava com uma garota, talvez a assistente social local, mas provavelmente apenas uma estudante com seu caderno na mão e fazendo algumas poucas anotações. Ao fundo uma loja de som automotivo Hollywood Sound, desse detalhe eu não lembrava. Esse cara, provavelmente precise de um dólar.hollywood sound

Rodrigo Scopel e Fernanda Cassel fazem um mash up de No Diggity (Blackstreet) e I Need a Dollar (Aloe Blacc). No Youtube você provavelmente encontre outras versões do mesmo combinado, mas olhei todos, esta é a melhor.

No canal de Rodrigo Scopel (clique aqui) você pode conferir mais alguns sons do cara. Enquanto isso, ficamos no aguardo por mais Fernanda Cassel…

INDIETRACKER 14 – Tópaz

#INDIETRACKER 14

Um grande som, meio antigo… mas é exatamente o começo das bandas que me mais me chama a atenção. Ingênuo e simpático, o estilo musical da banda conquista fácil e chama a atenção pelo humor da letra. O Cris, vocalista da banda sofreu um acidente na noite do domingo passado. Força e saúde Cris!

Alguma dica para o próximo Indietracker? Manda nos comentários!!

INDIETRACKER 13 – NEEDTOBREATHE – “Multiplied”

#INDIETRACKER 13

Sabe aquela sensação de ouvir um country limpinho, sem chiadeira nem gritos? é mais ou menos isso com NEEDTOBREATHE. Com origem no sul da Califórnia, o trio liderado por Bear Rinehart lançou seu primeiro álbum em 2006 e apresenta um material totalmente renovado agora em 2014, vale a pena dar uma olhada, a produção dos clipes é super trabalhada o que torna o som ainda mais interessante.

Alguma dica para o próximo Indietracker? Manda nos comentários!!