Arquivo da tag: fotografia

Photoshop em tempo real

FALTAM IDEIAS ASSIM NO BRASIL! Para promover o evento Adobe Creative Day a Adobe fez uma ação muito legal. Eles instalaram uma tela de LCD  em uma parada de ônibus na Suécia e através dela exibiram edições no Photoshop em tempo real. Um fotógrafo fazia a foto das pessoas na parada e em seguida a pegadinha já começava. Olha o vídeo de divulgação aí!

Anúncios

O Caçador de imagens (e de histórias)

O fotógrafo Chris A. Hughes criou um projeto muito interessante, ou o que muitos chamariam de uma obsessão saudável. Após comprar uma câmera antiga, e perceber que dentro de seu case ainda haviam slides feitos por um soldado francês na Primeira Guerra, ele começou sua caçada por máquinas fotográficas antigas com filmes ainda não revelados. Em seu site ele posta uma foto dessas câmeras e em seguida as imagens que estavam escondidas ali dentro. É  interessante pensar que, se não fosse por Hughes, estas histórias estariam perdidas. Podemos ver mais sobre esse trabalho no website do Found Film.

Onde dormem algumas crianças ao redor do mundo

É o tipo de trabalho que nos deixa pensando se não andamos reclamando demais ou sem verdadeiro motivo. O livro do fotógrafo James Mollison chamado de “Where Children Sleep”retrata crianças ao redor do mundo mostrando os locais onde passam as noites, não necessariamente camas, não necessariamente quartos.

Lembra daqueles dias cansativos, em que você só pensa em chegar em casa e esticar na cama? Lembra do quão importante é pra manter sua energia e saúde? Então precisa conhecer a história desses meninos e perceber que, afinal, o lugar onde eles dormem pode dizer muito sobre suas vidas. As histórias mostram a diferença das condições de vida das crianças nos diferentes lugares do mundo. Veja algumas fotos:

Ainda há muitas histórias para serem descobertas no livro “Where Children Sleep”, disponível na Amazon. Todas as imagens por James Mollison

Humor negro de Dran. Uma crítica a cultura moderna.

A street art é cheia de artistas bem peculiares. Uma das mais interessantes similaridades entre estes artistas é a mistura da arte com a crítica. Apesar das diferenças artísticas e ideológicas, Dran segue, de certa forma, a mesma filosofia. Em sites especializados em ilustrações e artes de rua, Dran, da bonita Toulouse, é chamado de “Banksy Francês”.

Dran usa da arte para mostrar seu particular ponto de vista sobre a sociedade contemporânea. Arte: Manifestação criativa fascinante pelo seu poder de contemplação e por possuir mil significados, do mais rebuscado ao mais idiota. E contemplando a arte de Dran podemos ver cenas que foram cozinhadas em sua mente e que faz tanto sentido que podemos até ensaiar uma sensação de “como não pensei nisso antes?”.

É o caso do Pinóquio pisando no Grilo Falante – sua consciência – com uma garrafa na mão, ficando livre para chutar o balde. Também tem a criança que, brincando de guerra com seu exército em miniatura teve o braço arrancado ao levar um tiro de um tanque. A inversão de valores, mostrando um macaco desenhando uma criança comendo uma banana. Um artista apanhando de um policial por ter desenhando uma mulher apanhando de um policial.

Fotógrafa esconde nozes pela casa e registra esquilos em situações divertidas

Olhando para os esquilos que invadiam seu quintal, a fotógrafa Nancy Rose teve uma ideia: esconder amendoins e nozes em miniaturas de caixas de correio, máquinas de lavar roupa, espelhos, cabides ou banheiras e captar imagens que parecem ser de mentira.

Contando com o instinto do pequeno animal em buscar alimento, a fotógrafa canadense consegue captar os esquilos dando a ideia de estar fazendo tarefas do cotidiano de qualquer ser humano.

A série é também um exercício de paciência que merece ser visto com atenção aqui. Nancy Rose garante que já se apaixonou pelos pequenos “invasores” de seu quintal.

Série de fotos retrata o silêncio de cães nos carros esperando por seus donos

Martin Usborne não se lembra bem como, nem quando, nem durante quanto tempo. Mas lembra que quando criança ficou esperando no carro, trancado, pelos seus pais, enquanto eles faziam qualquer coisa na rua. Rapidamente o medo de ficar sozinho  se apoderou do então menino. O projeto “The Silence of Dogs in Cars” é uma recuperação dessa memória.

Usborne capta o seu próprio medo nas reações dos cães trancados nos carros. Uns estão assustados, outros raivosos, expectantes e há até os deprimidos. Toda a série é sombria, porque o objetivo é mostrar que há vida até “no lugar mais escuro dentro de nós”. Aliás, Alguns estudos feitos com cachorros, indicam um fato curioso – sempre que nos separamos dos nossos amigos caninos, eles ficam achando que não iremos voltar mais. Isso justifica a tamanha euforia que eles demonstram quando voltamos ao seu encontro. Esse fato deixa a série ainda mais comovente.

Nela, há cães sozinhos, acompanhados, com ou sem chuva, sentados ou deitados. O que conta é que, tal como o fotógrafo criança,  os animais também se perguntam se alguém voltará para tirá-los dali. E é quase possível ‘ouvir’ o silêncio deles.

Playmobil Surf HD

Criatividade e qualidade de produção do vídeo de Karim Rejeb e música da banda Smile. (A trilha sonora é muito boa, mas gostaria de ver o video com a garota guria de cidreira)

Obrigado pela dica Mardja =)

Continuar lendo Playmobil Surf HD

Pepsi e Os Trapalhões (1988)

trapalhões

Comercial veiculado para divulgação da promoção “Pepsi e Os Trapalhões” que juntado as tampinhas mais 10 cruzeiros se ganhava um copo com a ilustração de um dos Trapalhões ou um com o quarteto!
Foi um sucesso que até hoje ainda atrai colecionadores!!

Food for Two Dollars – Dunkin’Donuts Berlim

Food for Two Dollars - Dunkin'Donuts Berlim

Durante visita a Berlim, impossível não resistir ao Donuts de Morango… Dois dólares (ou quase isso) muito bem investidos! Em breve posto mais coisas sobre a cidade e as aventuras encontradas por lá.